Países

A Mix te oferece a oportunidade de explorar diversos países ao redor do mundo, com a possibilidade de aprender um novo idioma, conhecer novos culturas e lugares lindos. Confira os destinos que a Mix pode te levar.

Nova Zelândia

Nova Zelândia

Auckland



Idiomas Oficiais: Inglês


Moeda: Dólar neozelandês


População: 1.330.300 habitantes


Clima: O clima é ameno, porém úmido. Os verões tem temperatura média de 24°C e os invernos de 14°C.


Pontos turísticos: Sky Tower, Auckland Domain, Auckland BotanicGarden, Kelly Tarlton’s Underwater World, Wainahe Island,Rangitoto Island, Auckland War Memorial Museum, Auckland Zoo, Devonport, Harbour Bridge, Westhaven Marina.


Transportes: Existem poucas linhas de ônibus e ferrys que ligam Auckland às ilhas, infelizmente, possuir um carro é vitail.


Fuso horário: +15h. Horário de verão na Nova Zelândia de Setembro a Abril.


Voltagem elétrica: 230V/240V 


Código internacional: +64 9 


Visto: Para estadias de até 3 meses o visto é obtido na chegada, na imigração será submetido a uma entrevista e deverá apresentar comprovantes de fundos disponíveis para viagem, acomodação e demais documentos. Para cursos com duração superior a 3 meses é preciso obter um visto de estudante no Brasil. Caso o estudante deseje trabalhar enquanto estuda, é necessário emitir  um visto de estudante no Brasil com uma autorização de trabalho. Entre em contato para mais informações sobre visto.


 


Saiba mais sobre Auckland 


Embora não seja a capital, Auckland é a cidade mais importante da Nova Zelândia, está localizada na ilha norte e é uma metrópole super descolada. Embora seja o centro financeiro do país, a cidade é famosa por esportes radicais. A união dessas características, torna Auckland, uma ótima pedida para quem é urbano mas curte estar em contato com a natureza, afinal a cidade tem praias, vulcões, parques, um zoológico imperdível, galerias de arte, um cassino super badalado e grandes estruturas de onde pode-se pular de bungee jump.



Por falar em bungee Jump, um ótimo lugar para você ter uma amostra dessa experiência está na Sky Tower, a 190 metros de altura, do observatório da torre, você terá uma linda vista da cidade, basta decidir se será radical ou não.



Outro lugar lindo que você deve conhecer é a Westhaven Marina, com ótimos bares  e restaurantes, visitar a marina é a melhor forma de observar a baía e entender o lifestyle dos moradores de Auckland.


A grande quantidade de veleiros irá chamar sua atenção e você perceberá  que velejar e praticar windsurf são tradições por aqui, quase todo kiwi tem uma “vela” ancorada na Westhaven Marina. Vale lembrar que a tradicional regata, America‘s Cup, passa por Auckland.Quanto a vida noturna, podemos afirmar que é super agitada e por se uma cidade de muitas culturas, é bem eclética.


 


Sky Tower



Além de ser uma torre de comunicação, a Sky Tower, é um dos pontos turísticos mais famosos de Auckland e proporciona aos seus visitantes grandes emoções!


No alto de seus 190 metros tem um observatório, que te garante uma bela vista da cidade, e em um dos andares tem um charmoso restaurante giratório que, a cada 60 minutos, completa uma volta.


Quanto as grandes emoções? Do observatório, é possível pular de bungee jump e dar uma volta pelo lado de fora da torre, no chamado Sky Walk, preso por um cabo você pode até pular da base e ficar como um pêndulo, no ar.


Ambas atrações custam em média NZ$200.


 


Rangitoto Island



Auckland é uma cidade construída “em cima” de vulcões adormecidos e há uma média de 50 vulcões na região, mas pode ficar tranquilo, pois além de estarem “dormindo” todos são monitorados diariamente.


Entre estes 50 vulcões, o maior e mais famoso é o Rangitoto, que na língua maori significa “céu sangrento”. Ele está em uma ilha próxima a costa de Auckland, a Rangitoto Island e foi o último a adormecer.


Esta ilha é protegida por lei, mas está aberta a visitações e o acesso a ilha é feito por meio de ferrys, que saem do Auckland Ferry Terminal.


Seguindo as trilhas, você verá as famosas pedras de basalto e poderá subir no alto dos 260m do vulcão, de onde a vista para a cidade é linda!


 


Auckland Zoo



Além de ser considerado um dos melhores zoológicos do mundo, o Auckland Zoo, é também o que mais cresce e se moderniza, está sempre a frente e é por isso que visitá-lo é imperdível.


Este zoológico tem cerca de 700 animais, de 117 espécies diferentes e típicas da Nova Zelândia. Entre eles você verá o suricate, ovelhas e o raríssimo Kiwi Bird, pássaro tradicional do país, por causa dele que o povo daqui é chamado de kiwi e o nome da fruta também é “culpa” deste pássaro.


A mais ou menos 10 minutos do centro da cidade, está aberto diariamente e a entrada custa aproximadamente NZ$25. Prepare-se para grandes aventuras.


 


Auckland Domain



Além de ser o maior parque da cidade, Auckland Domain, é também o parque mais antigo. Está localizado no bairro de Grafton, sobre a cratera do vulcão Pukekawa.


O Parque é super bonito e bem cuidado, tem como atrativos um lindo jardim de inverno, com duas estufas e uma lagoa, é um ótimo lugar para prática de exercícios, uma vez que tem vários campos de jogos.


Mas a atração principal é o Auckland War Memorial Museum, este museu tem uma grande coleção de artefatos das guerra neo zelandesas e também conta a história maori, através de seus artefatos e fotografias.


Além disso tem uma área reservada para geologia e história natural. Está aberto diariamente e a entrada custa em média NZ$10.


 


Westhaven Marina



Ao chegar na Westhaven Marina, você logo entenderá o porquê de Auckland ser chamada de “Cidade das Velas”. De acordo com estatísticas, a cada 10 kiwis, 4 tem um barco ancorado aqui.


Além de ser a maior do hemisfério sul, Westhaven Marina, é um ótimo lugar para almoçar ou simplesmente curtir o entardecer, já que existem por aqui ótimos restaurantes e aconchegantes bares.


Existem barcos disponíveis para você velejar e sentir o amor dos moradores de Auckland pelo mar, tem inclusive passeios noturnos, que são super seguros.  Se informe a respeito na marina, quem sabe você não se aventura no windsurf