Países

A Mix te oferece a oportunidade de explorar diversos países ao redor do mundo, com a possibilidade de aprender um novo idioma, conhecer novos culturas e lugares lindos. Confira os destinos que a Mix pode te levar.

Estados Unidos

Estados Unidos

Chicago



Idiomas Oficiais: Inglês


Moeda: Dólar americano


População: 2.707.000 habitantes


Clima: Tem as quatro estações bem definidas, no inverno a temperatura média é de -5°C e no verão é de 23°C.


Pontos turísticos: Willis Tower, Shedd Aquarium, Field Museum,Navy Pier, Lincoln Park, Opera House, Greektown, MagnificentMile, Brookfield Zoo, Millenium Park, Grant Park, Chinatown,Legoland Discovery Center, The Art Institute of Chicago, Museumof Science and Industry, Adler Planetarium. 


Transportes: É bem eficiente, tem metrô e ônibus, estes inclusive tem ar condicionado no verão e aquecedor no inverno.


Fuso horário: -2h


Voltagem elétrica: 110V 


Código internacional: +1 312 


Visto: Brasileiros necessitam de visto para entrada no país e é necessária entrevista pessoal em um dos consulados dos Estados Unidos localizados em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro ou Recife. Para cursos de inglês com menos de 18h por semana pode-se viajar com visto de turista, para carga horária maior que 18h por semana é preciso tirar o visto de estudante que é válido somente para o período do curso.


 


Saiba mais sobre Chicago


Chicago é a terceira maior cidade americana  e está localizada no estado de Illinois, às margens do Michigan Lake, tem a maior quantidade de parques dos Estados Unidos e é muito conhecida por seu time de basquete, o Chicago Bulls, time este que revelou o  grande atleta Michel Jordan.


A cidade também é referência na área da saúde, pois tem o maior centro de treinamento médico dos Estados Unidos, é um grande pólo comercial e industrial do país e  também tem várias universidades.


Em virtude disso, Chicago se tornou uma cidade multicultural e isso reflete na vida noturna, que é muito  eclética. Além de ter muitos bares, restaurante e boates,  em todos os meses do ano, acontecem na cidade, grandes festivais, que vão do tradicional St. Patricks Day até uma Oktoberfest, por isso não se preocupe, sua diversão está garantida!


No que se diz respeito a região turística da cidade, podemos dizer que apesar de se tratar de uma metrópole, os principais pontos turísticos de Chicago estão bem centralizados, por isso sugerimos que você se permita conhecer a cidade a pé, caminhe bastante e se cansar, use o metrô, que serve muito bem o centro.


Conheça a famosa Cloud Gate, que é uma escultura incrível e está no Millenium Park, que é também muito bonito. Vá à Willis Tower e observe a cidade lá do alto dos seus 103 andares, faça compras na Magnificent Mile rua comercial que lembra a famosa 5th Av. de New York, se possível assista a um jogo de basquete do Chicago Bulls, no United Center, mas  não deixe de conhecer  o Navy Pier, que está as margens do Michigan Lake e é diversão garantida.


  


Navy Pier



Localizado às margens do Michigan Lake, em North Near Side, o Navy Pier tem atrações para a família toda e é sem dúvida um dos lugares mais bonitos de Chicago.


Além de restaurantes, lojinhas e bares, no pier tem um parque de diversões e uma tradicional roda gigante, que por mais ou menos U$6 te permitirá uma bela vista da cidade.


Tem um cinema IMAX e também é possível passear de barco pelo rio, durante os verãos ocorrem queimas de fogo e é muito bonito observar as luzes se misturando com o azul do mar.


  


Millenium Park



Este grande parque de Chicago, está próximo as margens do Michigan Lake e faz parte do Grant Park, que é um complexo turístico e abriga também  a maioria dos museus da cidade.


O Millenium Park é o lugar onde a natureza se mistura a modernidade, o parque é lindo e super vanguardista e estão entre as principais atrações do parque, a  escultura Cloud Gate, a Buckingham Fountain que é a maior fonte do mundo e a The Crown Fountain, que são duas fontes de 15m cada que tem projetados em suas paredes,  rostos de moradores de Chicago. Ah! e claro, também sai água dessa fonte.


E por fim, no parque também é possível caminhar, praticar esportes, inclusive patinar no gelo.


  


Grant Park



Assim como o Millenium Park, também fazem parte do complexo Grant Park o Shedd Aquarium, o Field Museum, o Adler Planetarium e o Art Institute of Chicago.


O Sheed Aquarium é uma ótima opção para quem viaja com crianças, além de ser uma linda experiência, a entrada está em torno de U$35.


Já o Field Museum é o museu de história natural de Chicago, a entrada custa aproximadamente U$30 e esta aberto diariamente, das 9h às 5h.


A entrada para o Art Institute of Chicago é de mais ou menos U$20 e para o Adler Planetarium é U$11, este ultimo é mais uma boa opção para distrair as crianças.


 


Museum of Science and Industry



Ao sul de Chicago está o Museum of Science and Industry, é um pouco distante do centro da cidade, mas tem linhas de ônibus que te levam até lá rapidinho.


O museu é muito interessante e é interativo, o que o torna uma boa opção para quem viaja com crianças. Tem uma ala que explica os fenômenos da natureza, outra que mostra os meios de transporte e que tem inclusive uma maquete perfeita da ferrovia que liga Chicago a Seattle.


Além disso, o museu tem exposições itinerantes, uma área reservada para o corpo humano e uma para o circo.


O Museum of Science and Industry está aberto diariamente e a entrada custa aproximadamente U$15.


 


United Center



Na entrada do United Center você ira se deparar com uma imensa estátua de bronze do Michel Jordan, já da pra perceber o quanto os torcedores do Chicago Bulls idolatram o atleta, não é?


Mas o United Center além de ser a casa do Chicago Bulls é também a casa do Chicago Blackhawks, o time de hockey de Chicago, caso seja possível assista a um jogo dos Blackhawks também, certamente será uma experiência única.


A entrada para um jogo de basquete custa em média U$90 e para um jogo de hockey o preço gira em torno de U$75, independente do jogo que você assistir não deixe de visitar a sala de troféus e de comer a tradicional pizza ou o cachorro quente da arena.